Roubadas joias avaliadas em muitos milhões no hotel Ritz

Cinco homens furtaram hoje joias no valor de milhões de euros das vitrinas do Hotel Ritz, anunciou uma fonte da polícia francesa, que realizou três detenções.

A polícia revelou também que dois dos cinco assaltantes, que perpetraram o furto às 18:30 (17:30 em Lisboa), no centro de Paris, onde estão localizadas joalharias de luxo, continuam em fuga, com joias avaliadas em "muitos milhões de euros", de acordo com a mesma fonte.

Com machados, os assaltantes quebraram as vitrinas, nas quais "célebres joalheiros expõem as suas joias em exposições no hotel Ritz", explicou uma outra fonte policial.

Os dois elementos detidos foram intercetados "por equipas locais" da polícia, que se encontravam na praça Vendôme, precisou a polícia.

A rua Cambom, nas traseiras do palácio que alberga o hotel, foi bloqueada pelas forças de segurança de segurança, relatou um jornalista da agência France Presse.

A segurança no bairro foi reforçada depois de, em 2014, joalharias de luxo na praça, onde se encontra igualmente o ministério da Justiça, foram lavo de assaltos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG