Homem mata cinco pessoas a tiro em Darwin e acaba detido

O suspeito dos disparos é um homem de 45 anos.

Pelo menos cinco pessoas foram mortas a tiro esta terça-feira em vários locais da cidade australiana de Darwin, no Território Norte, tendo o suspeito dos disparos, um homem de 45 anos, sido detido, informou a polícia regional.

Fonte do Serviço de Saúde regional confirmou à ABC News que pelo menos duas outras pessoas ficaram feridas, estando atualmente no Royal Darwin Hospital.

Testemunhas citadas pela imprensa australiana referem que um homem armado com uma espingarda entrou no Hotel Palms, no centro de Darwin, disparando contra a porta de um dos quartos.

Residentes referem um outro incidente, na zona de Gardens Hill Crescent, fora do centro, onde um homem foi baleado, havendo um terceiro espaço, um pub, onde se registaram disparos, numa zona de acesso à capital.

A polícia diz que o homem esteve em fuga durante pelo menos uma hora, tendo acabado por ser capturado.

Imagens do momento da detenção estão a ser divulgadas pela televisão ABC

Não há ainda informação sobre a motivação do suspeito das mortes.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG