Homem foi acusado do homicídio da deputada trabalhista

"Vamos acusar um homem pelo homicídio", confirmou o chefe da polícia de Yorkshire

A polícia britânica informou hoje que Thomas Mair, de 52 anos, foi acusado do homicídio da deputada trabalhista Jo Cox, de 41 anos.

"Vamos acusar um homem pelo homicídio", disse Nick Wallen, chefe da polícia de Yorkshire (no norte de Inglaterra), em comunicado.

"Thomas Mair, de 52 anos, de Birstall, vai comparecer perante os magistrados hoje (sábado)", precisou.

A deputada trabalhista Jo Cox, 41 anos, não resistiu aos ferimentos após ter sido atingida a tiro e apunhalada na quinta-feira em plena rua na cidade de Birstall, norte de Inglaterra. Segundo alguns testemunhos, o atacante gritou "Britain First!" (O Reino Unido primeiro), numa alusão a uma formação da extrema-direita contrária à imigração.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG