Hillary ganhou quase 6,2 milhões em 2015 com livro e discursos

A campanha da ex-secretária de Estado revelou na terça-feira os seus documentos financeiros correspondentes a 2015

A aspirante à nomeação do Partido Democrata para as eleições presidenciais nos Estados Unidos Hillary Clinton ganhou quase sete milhões de dólares (6,2 milhões de euros) em 2015, graças às vendas do seu último livro e a discursos pagos.

A campanha da ex-secretária de Estado revelou na terça-feira os seus documentos financeiros correspondentes a 2015, em que surgem receitas de mais de cinco milhões de dólares pela venda do seu livro Hard Choices e um milhão e meio recebidos em troca de discursos pagos.

Os documentos foram apresentados à Comissão Eleitoral Federal e neles consta também a informação de que o seu marido e ex-Presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton (1993-2001), ganhou mais de cinco milhões de dólares em discursos pagos no ano passado.

Estes discursos pagos estão no centro das críticas à ex-secretária de Estado pelo seu rival Bernie Sanders, que censura especialmente as grandes somas recebidas ao longo da sua carreira e o facto de alguns dos discursos terem sido feitos em grandes bancos de Wall Street.

A campanha de Clinton aproveitou a apresentação de documentos financeiros relativos a 2015 para voltar a confrontar o republicano Donald Trump, que não divulgou ainda a sua declaração de rendimentos dos últimos anos, algo a que não é obrigado mas que é habitual nos candidatos à Presidência dos Estados Unidos.

"O verdadeiro teste a Donald Trump é ver se adere ao precedente seguido por todos os candidatos presidenciais da era moderna e publica as suas declarações de rendimentos, como fez Hillary Clinton", indicou a campanha, em comunicado.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG