Grammys. A noite em que Michelle Obama explicou à mãe que era uma celebridade

Michelle Obama esteve na cerimónia de entrega dos Grammys este domingo à noite. A mãe chegou a questionar se era mesmo ela que estava com aquelas celebridades. Tudo partilhado no Instagram

A presença de Michelle Obama na entrega dos Grammy surpreendeu não só quem assistia ao espetáculo no Staples Center (Los Angeles, EUA) mas também a própria mãe da antiga primeira-dama norte-americana que trocou mensagens no Instagram com a filha a colocar em questão se ela estava mesmo na cerimónia da noite deste domingo (10 de fevereiro). E se tinha conhecido as "verdadeiras personalidades".

Michelle esteve no palco acompanhada por Lady Gaga, Jennifez Lopez, Alicia Keys e Jada Pinkett Smith e falou sobre a importância da música. O seu discurso foi interrompido 25 segundos depois de começar a falar devido aos aplausos que se sugiram à frase: "Dos discos da Motown ouvia..." Perante a ovação pediu ao público para se aclamar dizendo: "Tudo bem, temos um espetáculo para fazer", disse pedindo às pessoas para se acalmarem.

Depois conseguiu completar a intervenção. "Dos discos da Motown que ouvia para as músicas de 'Who Run the World' que me alimentaram nesta última década, a música sempre me ajudou a contar a minha história, e sei que isso é verdade para todos aqui", começou por dizer.

"Quer gostemos de country, rap ou rock, a música ajuda-nos a partilhar a nossa dignidade e tristezas, as nossas esperanças e alegrias. Permite-nos ouvir uns aos outros. A música mostra-nos que tudo é importante, a história dentro de cada voz, cada nota dentro de cada música. Está certo, senhoras?", concluiu.

Discurso à parte a presença de Michelle Obama na cerimónia de entrega de prémios para aqueles que foram considerados os melhores artistas, compositores e músicas do ano não surpreendeu só os presentes no Staples Center. Foi também uma surpresa para a mãe da antiga primeira-dama que estava a assistir ao espetáculo pela televisão e que chegou a tocar mensagens com a filha questionado se ela estava mesmo na cerimónia.

Segundo a própria Michelle Obama contou no Instagram a mãe quis saber se ela tinha conhecido aquelas "verdadeiras estrelas". Michelle partilhou o texto que trocou com a mãe, Marian Robinson, com o seguinte comentário: "Quando a sua mãe não acha que você é uma celebridade... de verdade. Hoje à noite em Phoenix partilhei este texto com a minha mãe que trocámos na noite de #Grammys e agora partilho com todos vocês. "TextsFromMom".

Eis as mensagens completas:

Marian Robinson: Acho que você foi um sucesso nos Grammy (emoje de cara sorridente)

Michelle Obama: Estou sentada ao pé da Valerie, e esse texto é típico seu. Você assistiu?

Robinson: Vi porque Gracie me ligou. Você conheceu alguma das estrelas verdadeiras ou foi embora logo que terminou [a cerimónia]?

Obama: Eu disse-te que ia participar.

Robinson: Não, você não avisou. Eu me lembraria, apesar de ter pouca memória.

Obama: (emojis sorridentes)

Obama: Pensei que te tinha dito.

Obama: E eu sou uma verdadeira estrela ... a propósito.

Robinson: Sim.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.