Gove de fora. Agora é Theresa contra Andrea na corrida à liderança dos tories

A ministra do Interior conseguiu 199 votos, à frente da secretária de Estado da Energia, com 84. O ministro da Justiça, foi terceiro, com 46.

Com a corrida à liderança dos conservadores britânicos reduzida a duas - a ministra do Interior, Theresa May, e a secretária de Estado da Energia, Andrea Leadsom - no dia 9 de setembro caberá aos militantes Tories decidir que será a nova chefe do partido e consequente sucessora do primeiro-ministro David Cameron.

May ficou em primeiro lugar na votação dos 330 deputados, com 199 votos, à frente de Leadsom com 84. Michale Gove, um dos rostos da campanha pelo brexit , ficou em terceiro com 46 votos, sendo por isso eliminado da corrida.

Cameron apresentou a demissão na sequência da vitória da saída do Reino Unido da União Europeia no referendo de 23 de junho, com 52% dos votos. A vencedora da corrida à liderança dos Tories será a segunda mulher a chefiar um governo britânico, depois de Margaret Thatcher.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG