George Clooney apela a boicote a cadeia de hotéis do sultão do Brunei

O ator norte-americano lança pedido porque o governante daquele país asiático pretende aplicar a pena de morte contra pessoas adúlteras, LGBT e muçulmanos que não respeitem a lei islâmica

O ator norte-americano George Clooney fez um apelo público para que as pessoas boicotem uma cadeia de hotéis que são propriedade do sultão do Brunei, como protesto para a intenção deste governante em aplicar a pena de morte contra pessoas que cometam adultério, que sejam lésbicas, gays, bissexuais e transgénero (LGBT), e ainda contra muçulmanos que não respeitem a versão estrita da lei islâmica (Sharia).

Hassanal Bolkiah, o sultão do Brunei de 72 anos está no poder desde 1967, e é proprietário de nove hotéis Dorchester Collection, dois no Reino Unido (em Londres e Ascot), dois nos Estados Unidos (Beverly Hills e Bel-Air, em Los Angeles), mais dois em Paris e um em Milão.

A apelo do ator foi feito num artigo de opinião publicado na revista Deadline. "Sejamos claros: cada vez que ficamos, nos encontramos ou comemos num qualquer desses nove hotéis, estamos a dar dinheiro a homens que defendem chicotear até à morte os seus cidadãos só por serem gays ou por serem acusados de adultério", justifica Clooney, admitindo que um boicote "terá pouco efeito na mudança das leis" do Brunei.

E nesse sentido lança várias questões: "Vamos ajudar quem pratica essas violações dos direitos humanos? Vamos realmente ajudar a financiar o assassinato de cidadãos inocentes? Aprendi ao longo dos anos que não podemos envergonhar regimes assassinos, mas podemos envergonhar bancos, financiadores e instituições que fazem negócios com eles e optam por fechar os olhos a essas violações."

Esta não será a primeira vez que é promovido um boicote àquela cadeia de hotéis em Hollywood, Los Angeles, pois de acordo com George Clooney já foram objeto de protestos pela forma como tratam a comunidade gay, tendo inclusive sido cancelado um evento que durante vários anos tinha como palco a unidade hoteleira de Beverly Hills.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG