G20. Ivanka Trump mete-se em conversa entre líderes mundiais e acaba ridicularizada

A filha do presidente dos EUA tentou participar numa conversa informal entre líderes mundiais durante a reunião do G20 e acabou ridicularizada na internet. O momento constrangedor foi registado num vídeo que se tornou viral

Estava a decorrer a 14ª reunião do G20 em Osaka, no Japão, quando a filha e assessora do presidente dos EUA viveu um momento constrangedor. Ivanka Trump foi filmada a tentar participar numa conversa entre líderes mundiais e acabou ridicularizada na internet.

Nas imagens é possível ver o presidente francês, Emmanuel Macron, a primeira-ministra britânica, Theresa May, a diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, e o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, numa conversa informal e ... a filha de Donald Trump.

Os líderes mundiais parecem mostrar-se indiferentes à presença de Ivanka Trump, que tenta participar na troca de opiniões. A expressão de Christine Lagarde é disso exemplo.

O momento foi publicado no Instagram do Palácio Presidencial Francês e as reações não se fizeram esperar. "Pode ser chocante para alguns, mas ser filha de alguém não é realmente uma qualificação de carreira", criticou, através do Twitter, a congressista de Nova Iorque, Alexandria Ocasio-Cortez. "Os EUA precisam do presidente a trabalhar com o G20. Levar um diplomata qualificado consigo não era mal pensado também", reforçou.

"Doloroso de ver", escreveu na mesma rede social Mehdi Hasan‏, jornalista britânico, sobre o vídeo que teve mais de 18 mil visualizações e que se tornou viral.

Mas as reações não foram só em palavras. Muito pelo contrário. As redes sociais foram inundadas de memes, imagens adulteradas com Ivanka Trump a surgir em diversos momentos históricos com as hastag #Unwantedivanka (em tradução livre: indesejada Ivanka).

Exclusivos