Futebolista turco, crítico de Erdogan, alvo de disparos

Deniz Naki pensa que o ataque deveu-se às suas posições políticas

O avançado germano-turco Deniz Naki, crítico do Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, foi alvo de disparos quando seguia de automóvel numa autoestrada na Alemanha, segundo as autoridades, que abriram um inquérito por tentativa de homicídio.

A porta-voz da procuradoria de Aachen (Bavaria, sudeste), Katja Schlenkermann-Pitts, disse que vários tiros foram disparados contra o carro de Deniz Naki na autoestrada A4, no domingo à noite, mas que ninguém ficou ferido.

Os tiros foram disparados de um veículo preto. Uma bala atingiu a janela do condutor e outra um pneu.

Os investigadores estão "naturalmente a explorar todas as possibilidades".

Naki, 28 anos, joga no Amed SK, um clube da região curda do sudeste da Turquia, e estava na Alemanha de visita a familiares.

Ao jornal Die Zeit, o futebolista disse pensar que foi alvo de um ataque devido às suas posições políticas.

No ano passado, o jogador foi condenado na Turquia a uma pena suspensa por "propaganda terrorista" a favor do ilegalizado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Segundo a imprensa, a condenação deveu-se a comentários que escreveu nas redes sociais criticando as operações da polícia turca contra o PKK.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG