Filho de Nicolás Maduro diz-se honrado por ser alvo de sanções dos EUA

Nicolás Maduro Guerra

O filho do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro Guerra, disse este sábado que considera "uma honra" ter sido alvo de sanções anunciadas pelo presidente norte-americano, Donald Trump.

"Tive a honra de receber uma suposta sanção" do Departamento do Tesouro dos EUA, "uma pretensa sanção porque sanciona quem pode, não quem quer", afirmou Maduro Guerra, 29 anos, em Caracas.

O secretário de Estado do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, acusou sexta-feira Maduro Guerra de ajudar o pai, Nicolás Maduro, de manter um "regime autoritário para controlar a economia e reprimir o povo da Venezuela".

As sanções aplicadas ao filho de Nicolás Maduro envolvem o congelamento de todos os bens e interesses que possa ter direta ou indiretamente nos Estados Unidos e proíbem-lhe realizar qualquer tipo de negócio.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG