Famosos atingidos pelo grande incêndio da Califórnia do sul

Fogo já terá provocado 50 mortos, dois dos quais na zona onde vivem Miley Cyrus e Liam Hemsworth.

Miley Cyrus e o companheiro, Liam Hemsworth; Kim Bassinger, Neil Young, Gerard Butler, Camille Grammer. Estes são apenas alguns dos famosos de Hollywood que perderam as respetivas casas em Malibu, destruídas pelo grande incêndio que há vários dias lavra no sul da Califórnia.

Outros famosos, como as irmãs Kardashian, Will Smith ou Lady Gaga, ainda têm casa - mas foram obrigados a deixá-las, por razões de segurança. O incêndio já percorreu cerca de 38,8 mil hectares, destruindo tudo no caminho, e não há perspetiva de abrandar, devido a ventos fortes e a um tempo muito seco.

Os bombeiros dizem que a situação só está controlada em 35% da área coberta pelo fogo. O balanço em vidas humanas aponta para já para 50 mortos. 48 pessoas morreram na cidade de Paradise e duas em Wolsey, a zona, precisamente, onde viviam Liam Hemsworth e Miley Cyrus.

Infografia do jornal britânico Daily Mail mostra os famosos atingidos:

Os dois doaram meio milhão de doaram meio milhão de dólares à Fundação Malibu. Os fundos serão usados para assistir "pessoas com necessidades financeiras, reconstrução da comunidade, prevenção de incêndios e medidas de combate às alterações climáticas".

A notícia da doação do casal foi tornada pública dias depois de ter sido revelado que a atriz Sandra Bullock tinha feito o mesmo, com cem mil dólares, à Humane Society, do condado de Ventura.

Hemsworth colocou no Instagram uma foto da sua casa destruída, acompanhada de um texto onde enalteceu o esforço de entreajuda em Malibu, "uma comunidade forte que este acontecimento só fará mais forte". Também agradeceu aos bombeiros.

Camille Sadler também partilhou na mesma rede uma foto da sua casa a arder, agradecendo aos bombeiros que lutaram contra as chamas. Segundo contou, ela e a sua família estão bem e isso ficou a dever-se às ordens de evacuações compulsiva recebidas horas antes de o fogo atingir a habitação.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG