"Falsas notícias". Isabel dos Santos desmente rumores da morte do pai

Rumores de que José Eduardo dos Santos morreu em Espanha circulam nas redes sociais há alguns dias

A empresária angolana Isabel dos Santos recorreu ao Instagram para desmentir os rumores da morte do pai, o presidente de Angola José Eduardo dos Santos, e condenou os "oportunistas" que criam mentiras para "criar confusão e tumulto político em Angola". Na publicação nas redes sociais, a empresária mencionou (com hashtags) o nome do jornalista angolano Rafael Marques, o site de notícias que este gere, Maka Angola, e o jornal Folha 8.

"Alguém que desce tão baixo de nível, até ao ponto de inventar notícias de morte tudo pela vontade insaciável de criar confusão e tumulto político em Angola", escreveu Isabel dos Santos. "Até que ponto chega o egoísmo, e ambição desmedida destas pessoas, até ao ponto de ignorar, que existem familiares e amigos...."

Os rumores de que José Eduardo dos Santos morreu em Espanha circulam nas redes sociais desde há alguns dias. No WhatsApp circula uma mensagem que diz: "o presidente de Angola José Eduardo dos Santos com 39 anos no poder acaba de falecer na Espanha, onde se encontrava em tratamento vítima de doença prolongada e desconhecida".

Tanto o Maka Angola como o Folha 8 noticiaram esta semana que o presidente terá ido de urgência para Espanha em estado grave. O estado clínico do presidente, segundo estes órgãos, é grave e gera preocupações.

"Oportunistas e criadores de falsas notícias", afirmou Isabel dos Santos na publicação no Instagram.

Não é a primeira vez que são divulgadas notícias de que José Eduardo dos Santos está a receber tratamentos médicos em Espanha.

O presidente do MPLA e chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, anunciou em fevereiro que não será recandidato ao cargo nas eleições gerais deste ano e apontou João Lourenço como sucessor.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG