EUA e Rússia anunciam cessar-fogo para a Síria

John Kerry e Serguei Lavrov deram notícia em Genebra. Cessar-fogo entra em vigor segunda-feira e Estado Islâmico e Frente Al-Nusra estão excluídos.

Os Estados Unidos e a Rússia chegaram hoje a um acordo para um cessar-fogo na Síria, que deverá começar na segunda-feira e que prevê a suspensão de todas as operações de combate, incluindo os bombardeamentos aéreos.

Segundo o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, depois de um período de sete dias de respeito da trégua, ambos os países vão realizar ataques coordenados contra posições dos grupos extremistas Al Nusra e Estado Islâmico.

John Kerry falava em conferência de imprensa, em Genebra, depois de uma maratona de negociações, ao lado do seu homólogo russo, Serguei Lavrov.

O início da trégua vai coincidir com o Eid al-Adha, principal festa muçulmana.

O conflito na Síria, que teve início em 2011, provocou a morte a mais de 290.000 pessoas e milhares de refugiados.

"Hoje, os Estados Unidos e a Rússia anunciam um plano que, esperamos, venha a reduzir a violência, o sofrimento e facilite o caminho em direção à paz negociada e a uma transição política na Síria", afirmou John Kerry.

O chefe da diplomacia norte-americana afirmou também que os Estados Unidos acreditam que a Rússia tem a capacidade para pressionar o Presidente sírio, Bashar al-Assad, para a acabar com o conflito e sentar-se à mesa das negociações.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG