Estátuas de gelo nos lugares de Johnson e Farage animam debate televisivo

Conservadores fizeram queixa do canal de televisão Channel 4, a quem acusam de um "golpe provocativo partidário".

Quando faltam duas semanas para as eleições britânicas de 12 de dezembro de 2019, os ingleses deviam assistir ao primeiro debate de sempre entre os principais líderes partidários britânicos sobre o ambiente, mas Boris Johnson e Nigel Farage resolveram não comparecer. Por isso, nos seus lugares, o canal britânico Channel 4 News colocou duas esculturas em gelo, uma com o símbolo dos conservadores por baixo, outra com o símbolo do partido do Brexit.

Este é o segundo de uma série de debates televisivos que antecedem as eleições de 12 de dezembro, e que deveria opor o primeiro-ministro, Boris Johnson, e o líder do principal partido da oposição, o Trabalhista Jeremy Corbyn. O primeiro foi no canal televisivo ITV.

A emissora montou duas esculturas de gelo ao lado de pódios vazios, representando a ausência de Johnson e Nigel Farage. "Essas duas esculturas de gelo representam a emergência no planeta Terra, não em forma humana, mas são uma metáfora visual para os partidos Conservador e Brexit, depois de os seus líderes terem recusado os nossos repetidos convites para participar do vital debate climático desta noite", justificou o responsável do canal Channel 4 News.

Os conservadores fizeram-se representar pelo ministro Michael Gove, em vez de Johnson, Segundo a imprensa inglesa, Gove foi afastado dos estúdios do Channel 4 News antes do debate. O responsável do canal, Ben de Pear, escreveu no Twitterque Gove e Stanley, o pai de Boris Johnson que o acompanhou, são "adoráveis e charmosos, mas nenhum deles é o líder".

O Partido Conservador reagiu e resolveu queixar-se do canal junto da entidade reguladora (Ofcom) acusando o Channel 4 de violar o código jornalístico, privando os Conservadores de qualquer representação no debate. O partido considerou mesmo a substituição de Boris por uma escultura de gelo como um "golpe provocativo partidário".

A ausência de Boris Johnson do debate surge depois de ter recusado participar num outro debate televisivo alargado a sete partidos na BBC, marcado para sexta-feira, e em ser entrevistado individualmente pelo jornalista veterano Andrew Neil, também na estação pública.

O debate de uma hora intitulado Emergency On Planet Earth juntou o líder trabalhista Jeremy Corbyn, o líder liberal democrata Jo Swinson, o primeiro ministro escocês e o líder SNP Nicola Sturgeon, o líder da Plaid Cymru, Adam Price, e o co-líder verde Sian Berry.

Depois do Partido do Brexit, o Partido Conservador é aquele com objetivos menos ambiciosos na área do ambiente, segundo a organização Greenpeace, enquanto que os Verdes e Partido Trabalhista são os propõem mais medidas para combater as alterações climáticas.

Enquanto que os tories prometem plantar 30 milhões de árvores por ano, os Liberais Democratas e o SNP propõem plantar o dobro, os Verdes 70 milhões e o Labour 100 milhões.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG