12 toneladas de cocaína apreendidas na Colômbia e Itália

Estados Unidos, Colômbia e Itália desmantelaram um cartel de tráfico de droga e prenderam 22 pessoas numa operação internacional

Uma operação internacional realizada na Colômbia e na Itália, com o apoio dos Estados Unidos, resultou em pelo menos 22 detidos e na apreensão de 12 toneladas de cocaína, indicaram na quinta-feira as autoridades judiciais colombianas.

Segundo as autoridades, a droga era produzida em laboratórios localizados na região de Catatumbo, que faz fronteira com a Venezuela, por uma organização que optaram por não identificar.

A cocaína era enviada desta região para os portos colombianos de Barranquilla e Santa Marta, a partir de onde era transferida para barcos com destino aos Estados Unidos e Europa.

As autoridades judiciais não especificaram se a cocaína foi apreendida num único país, apesar de terem referido que a operação contou com o apoio da agência antidroga dos Estados Unidos (DEA, na sigla em inglês) e agentes da Colômbia e de Itália.

Segundo a Agência Brasil, a rede de tráfico tinha representantes também no Brasil, na Costa Rica, no Panamá, no Chile e na Venezuela.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.