Estado Islâmico volta a ameaçar Portugal e Espanha

Jihadista francês diz ainda que "o que está para vir fará esquecer os ataques de 11 de setembro e de Paris"

O Estado Islâmico divulgou um novo vídeo no qual promete mais ataques e volta a ameaçar Portugal e Espanha. "A Península Ibérica jamais será esquecida." Já em novembro, a organização terrorista havia alertado para o objetivo de recuperar Al-Andalus, nome dado pelos muçulmanos à Península Ibérica, que controlaram entre o século VIII e XV.

"Al-Andalus tem paciência. Não eras espanhola nem portuguesa, mas sim muçulmana", afirma o jihadista no vídeo, segundo o El Mundo. E acrescenta: "Oh querida Al-Andalus! Pensaste que te tínhamos esquecido. Juro por Deus que jamais o fizemos. Nenhum muçulmano pode esquecer Córdova, Toledo e Játiva [em Valência]. Há muitos muçulmanos sinceros e fieis que juram recuperar Al-Andalus."

O jihadista que fala no vídeo é, escreve o The Guardian, um homem francês, louro: "Juro que pagareis um preço muito alto e que o vosso final será muito doloroso. Se Deus quiser, recuperaremos Al-Andalus."

É ainda feito o aviso que "o que está para vir fará esquecer os ataques de 11 de setembro e de Paris". "A situação mudou. Vocês atacaram-nos no passado e agora somos nós que vos atacamos", salienta.

No vídeo de oito minutos, que terá sido filmado no norte do Iraque, o jihadista que faz as ameaças e outros quatro executam cinco prisioneiros que falavam em árabe. O jihadista francês acusa o homem que mata de ser um espião.

"Não podeis entender o erro em combater a nação muçulmana, por isso, será derramado o sangue dos vossos espiões", diz.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG