Espanhol desaparecido num bosque da Califórnia depois de ataque de pânico

Jovem natural de Granada, Espanha, está desaparecido há cinco dias nos EUA

Iván, Liñán Cano, um jovem de 31 anos natural de Granada, em Espanha, está desaparecido desde a passada terça-feira num bosque no estado norte-americano da Califórnia.

Iván ia com um amigo no carro em direção ao aeroporto, para apanhar o avião de volta a Espanha, quando teve um "ataque de pânico", saiu do automóvel e subiu até um bosque na área de Carlotta, no condado de Humboldt, revela o El País. Nunca mais foi visto.

O consulado espanhol em São Francisco está já em contacto com a família e com as autoridades locais, mas nos últimos dias não houve notícias do jovem desaparecido, apesar das operações de busca. Os mais próximos garantem que Iván nunca teve quaisquer problemas mentais.

No momento em que desapareceu, refere a imprensa local, o jovem levava com ele cerca de 2000 euros e terá chegado a agredir o condutor do automóvel, dizendo-lhe que o estava a enganar e que não acreditava que seguissem para o aeroporto.

Perito em montanhismo, Iván Cano era técnico de projetos de construção mas, no último ano, obteve certificação como guia de alta montanha e estava, de acordo com familiares, a seguir um "projeto pessoal".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG