Erdogan diz que Turquia vai decidir em referendo sobre adesão à UE

Erdogan acusou a UE de não ser "honesta nem sincera" e de manter a Turquia à espera

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou hoje que a Turquia vai decidir em referendo se quer continuar no processo para uma adesão à União Europeia (UE). Numa entrevista televisiva, Erdogan acusou a UE de não ser "honesta nem sincera" e de manter a Turquia à espera.

Erdogan já tinha apontado várias vezes a possibilidade de uma consulta popular sobre a adesão e em finais de março afirmou que essa votação só poderia realizar-se após o referendo de 16 de abril, que reforçou os seus poderes.

As negociações para a adesão da Turquia à UE tiveram início em 2005, mas desde então poucos progressos foram feitos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG