Erdogan antecipa eleições para 24 de junho

Presidente turco diz que situação na Síria tornou urgente dar ao cargo que ocupa caráter executivo. Eleições legislativas e presidenciais estavam previstas apenas para novembro de 2019

Recep Tayyip Erdogan anunciou hoje a antecipação das eleições legislativas e presidenciais na Turquia para 24 de junho. O presidente turco alegou que o país precisa urgentemente de uma presidência executiva como pretexto para adiantar em mais de um ano a votação prevista inicialmente para novembro de 2019.

"Embora o presidente e o governo trabalhem em conjunto, as doenças do velho sistema confrontam-nos em todos os passos que tomamos", disse Erdogan, numa declaração transmitida pela televisão.

"Os desenvolvimentos na Síria tornaram urgente uma mudança para um novo sistema executivo, no sentido de dar passos para tornar o nosso país mais forte", prosseguiu o chefe do Estado, que no ano passado ganhou um referendo para alterar a Constituição do país no sentido de criar uma presidência executiva. Tais alterações só poderão entrar em vigor, porém, depois de serem realizadas eleições presidenciais.

Com 64 anos, Erdogan, cujo regime foi alvo de um golpe de Estado falhado em 2016, está no poder na Turquia desde 2003. Até 2014 foi primeiro-ministro e, desde então, é presidente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG