"Ataque perfeito, missão cumprida", diz Trump. Rússia avisa: "Vai haver consequências"

EUA, Reino Unido e França lançaram esta noite um ataque de mísseis à Síria, que durou cerca de 70 minutos, e teve como alvos as fábricas e paióis de armas químicas do regime de Bashar al-Assad. Acompanhe aqui as reações ao minuto

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou ao início da madrugada deste sábado (hora de Lisboa) ter ordenado ataques com mísseis contra alvos na Síria, em resposta aos alegados ataques com armas químicas realizados pelo regime de Bashar al-Assad no passado fim de semana. Numa operação encabeçada pelos norte-americanos, participaram também o Reino Unido e a França.

A Rússia reagiu, com Anatoly Antonov, embaixador da Rússia nos EUA, a dizer; "Estamos a ser mais uma vez ameaçados. Avisámos que estas ações não ficariam sem consequências". Também Vladimir Putin já falou sobre o ataque, em comunicado, falando em "ato de agressão contra um Estado soberano".

As reações por toda a comunidade internacional sobre o ataque vão sucedendo-se. Acompanhe aqui ao minuto todos os desenvolvimentos.

Ler mais

Exclusivos