Ciudadanos é a força mais votada na Catalunha, mas bloco independentista segura maioria

Taxa de participação bateu recorde

O Ciudadanos tornou-se esta quinta-feira na força mais votada da Catalunha, com 37 deputados e 25,35% dos votos, mas o bloco independentista segurou a maioria absoluta no Parlamento.

"Pela primeira vez uma força constitucionalista ganha as eleições na Catalunha e é o Ciudadanos", diz Inés Arrimadas, a líder do Ciudadanos na Catalunha. "Mandámos uma mensagem ao mundo", prossegue Arrimadas, garantindo que a maioria social na Catalunha está "a favor da união com Espanha" e que os independentistas já não podem falar em nome de todos.

SIGA AQUI O LIVEBLOGUE DO DN SOBRE AS ELEIÇÕES DA CATALUNHA:

Ler mais

Exclusivos

Adolfo Mesquita Nunes

Premium Derrotar Le Pen

Marine Le Pen não cativou mais de dez milhões de franceses, nem alguns milhões mais pela Europa fora, por ter sido estrela de conferências ou por ser visita das elites intelectuais, sociais ou económicas. Pelo contrário, Le Pen seduz milhões de pessoas por ter sido excluída desse mundo: é nesse pressuposto, com essa medalha, que consegue chegar a todos aqueles que, na sequência de uma crise internacional e na vertigem de uma nova economia digital, se sentem excluídos, a ficar para trás, sem oportunidades.

João Taborda da Gama

Premium Temos tempo

Achamos que temos tempo mas tempo é a única coisa que não temos. E o tempo muda a relação que temos com o tempo. Começamos por não querer dormir, passamos a só querer dormir, e por fim a não conseguir dormir ou simplesmente a não dormir, antes de passarmos o resto do tempo a dormir, a dormir com os peixes. A última fase pode conjugar noites claras e tardes escuras, longas sestas de dia com um dormitar de noite. Disse-me um dia o meu barbeiro que os velhotes passam a noite acordados para não morrerem de noite, e se ele disse é porque é.