'El Chapo' transferido de surpresa para prisão próxima dos EUA

O narcotraficante, cuja extradição é pedida pelos EUA, foi enviado para uma prisão de Ciudad Juárez

Joaquin 'El Chapo' Guzmán, o mais famoso narcotraficante do México, foi transferido durante a madrugada da prisão de Aliplano (próximo da capital) para um estabelecimento prisional em Ciudad Juárez, junto à fronteira com o Texas.

Os EUA pedem a extradição do líder do cartel de Sinaloa, mas o processo pode demorar um ano, segundo os mexicanos. Há pelo menos nove processos abertos contra Guzmán a norte da fronteira.

A decisão de proceder à transferência, segundo um comunicado do governo mexicano, "obedece a protocolos de segurança". Guzmán fugiu duas vezes da prisão, a última precisamente de Altiplano, em julho de 2015, por um túnel de um quilómetro e meio escavado pelos seus homens que ia dar diretamente à casa de banho da sua cela. Só foi recapturado em janeiro deste ano.

A transferência não é um prelúdio da extradição, segundo indicou um porta-voz do presidente Enrique Peña Nieto à Reuters, explicando que os motivos se prendem com obras de melhoria na prisão de Altiplano.

Os advogados de Guzmán indicaram que não foram avisados da transferência, que ocorreu durante a noite e envolveu carros blindados, um avião e um helicóptero.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG