Duas novas sondagens dão vantagem ao Brexit

Os números apontam para uma vitória do lado que defende a saída do Reino Unido da UE a poucos dias do referendo

Duas novas sondagens publicadas hoje dão a vitória à campanha pela saída do Reino Unido da União Europeia (UE), quando falta uma semana para o referendo de 23 de junho.

A sondagem mensal Ipsos-Mori coloca pela primeira vez o "Sair" ("Leave") na frente, com 53% das intenções de voto, contra 47% pelo "Permanecer" ("Remain").

Neste estudo, 20% dos inquiridos admitiram que ainda podem mudar de opinião até à votação, na próxima quinta-feira.

Há um mês, a sondagem Ipsos-Mori dava 57% ao "Permanecer" e 43% ao "Sair".

A outra sondagem, do instituto Survation, atribui também pela primeira vez a liderança ao 'Brexit', com 45% das intenções de voto, contra 42% pela permanência do país na UE, e 13% de indecisos.

Há um mês, a sondagem realizada pelo Survation dava vantagem ao "Permanecer", com 44%, sobre o "Sair", que registava então 38% das intenções de voto.

No estudo da Ipsos-Mori, feito junto de 1.257 adultos contactados telefonicamente entre 11 e 14 de junho, 31% dos inquiridos pensa que dentro de cinco anos a sua situação será melhor se o país sair da UE, contra apenas 18% que espera estar melhor daqui a cinco anos se o país permanecer na União.

O estudo revela também que a imigração se tornou o principal tema da campanha, à frente da economia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG