Drone leva pílulas abortivas para a Irlanda do Norte

Um drone com um carregamento de pílulas abortivas atravessou ontem a fronteira entre a Irlanda e a Irlanda do Norte, num protesto simbólico organizado pelas organizações Alliance for Choice, Rosa, Labour Alternative, the Abortion Rights Campaign, Youth Coalition for Sexual and Reproductive Rights e Women on Waves.

A medida surgiu como resposta ao tribunal que, em abril, sentenciou uma mulher de 21 anos da Irlanda do Norte a três meses de prisão, com pena suspensa, por ter induzido a interrupção da sua gravidez com pílulas abortivas compradas através da Internet.

A interrupção voluntária da gravidez é proibida por lei quer na Irlanda quer na Irlanda do Norte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG