Donald Trump quer falar com Bill Gates para "fechar" a Internet

O candidato à nomeação para as presidenciais dos EUA quer banir "partes" da Internet para evitar radicalização de jovens

No mesmo discurso controverso em que apelou ao fecho das fronteiras norte-americanas a todos os muçulmanos, o candidato à nomeação presidencial republicana Donald Trump disse ainda que a Internet deveria ser "fechada" para que as crianças deixassem de ter acesso a ela.

"Temos talvez que fazer alguma coisa em relação à Internet", anunciou Trump. "Estamos a perder muitas pessoas por causa da Internet. Temos que falar com Bill Gates e outras pessoas que percebem o que está a acontecer. Temos que falar com elas sobre talvez, nalgumas áreas, fechar a Internet".

O empresário é candidato à nomeação do partido republicano para a Casa Branca, e tem apelado a medidas radicais como impedir muçulmanos de entrar nos Estados Unidos e construir um muro ao longo de toda a fronteira com o México.

Trump defende que a Internet tem um papel crucial na radicalização de jovens e que, por isso, devia ser fechada. As crianças "veem a Internet e querem ser cérebros [radicais]", disse o milionário, que rejeitou a ideia de que a censura da Internet pudesse representar um problema de liberdade de expressão.

"Alguns dirão: 'ai, liberdade de expressão, liberdade de expressão'. São pessoas idiotas", afirmou.

Trump discursava num comício da sua campanha no estado norte-americano na Carolina do Sul, esta terça-feira. O candidato à nomeação encontra-se em primeiro em várias sondagens.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG