Dois leões mortos para salvar homem que se queria suicidar

O Jardim Zoológico do Chile, situado em Santiago, teve de abater dois dos seus leões depois de um homem ter invadido a área reservada aos felinos, aparentemente numa tentativa de suicídio.

Segundo o comunicado publicado na página de Facebook do Zoo, o homem rompeu a rede colocada como teto da área, entrou, despiu-se e aproximou-se dos animais. "Devido a esta ação incompreensível, foi necessário eutanasiar dois dos nossos três leões no lugar, o que é profundamente doloroso para cada um de nós", lê-se.

Apesar disso, salienta o texto, "esta medida foi necessária para conservar a vida da pessoa", que, assim que possível, foi retirada e transportada para um hospital.

Antes de serem abatidos, em frente aos visitantes que estavam no Zoo, os leões atacaram o homem, o qual foi hospitalizado com ferimentos graves.

O Jardim Zoológico assegura que as suas instalações são seguras.

A polícia está a investigar o incidente, que trata como sendo "suicídio frustrado de um homem".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG