Dois jornalistas detidos devido a artigo sobre saúde do presidente Mugabe

Jornalistas são acusados de insultarem o presidente, ao dizerem que o seu estado de saúde se está a deteriorar

Dois jornalistas e um executivo editorial foram detidos no Zimbabué devido a um artigo, que indica que a saúde do Presidente Robert Mugabe, 93 anos, se está a deteriorar, disse hoje o seu advogado.

Obey Shava referiu que o artigo, publicado no jornal zimbabueano NewsDay na quinta-feira, mencionava um "recente susto relativo à saúde" de Mugabe.

Mugabe, que fez 93 anos no mês passado, voou para Singapura na quarta-feira para o que seu porta-voz disse ser uma "revisão médica programada".

Shava disse que o repórter Richard Chidza, o editor Wisdom Mudzungairi e o executivo Sifikile Thanete são acusados de insultar o Presidente.

O jurista trabalha para a organização dos Advogados do Zimbabué pelos Direitos Humanos, que já terá representado cerca de 200 pessoas acusadas do mesmo crime. As pessoas condenadas por insultarem Mugabe podem enfrentar a prisão.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG