Detido um homem por ameaças sobre noite de passagem de ano em Sydney

Homem foi detido no aeroporto de Sydney quando chegava do Reino Unido. Foi acusado de ofensas contra a segurança

A unidade antiterrorista da polícia australiana deteve um homem por proferir ameaças através das redes sociais contra a celebração organizada para a passagem de ano no porto de Sydney, informaram hoje os 'media' locais.

O homem foi detido no aeroporto de Sydney na quinta-feira, quando o suspeito desembarcou de um avião procedente do Reino Unido.

Em paralelo, a polícia fez buscas a uma vivenda e a um armazém em Sydney, onde foram apreendidos documentos e discos rígidos.

O suspeito foi acusado de ofensas contra a segurança, não lhe tendo sido imputada nenhuma acusação ao abrigo da lei antiterrorista, explicou Frank Mennilli, da polícia australiana, citado pela emissora ABC.

O suspeito deverá comparecer novamente em tribunal a 10 de janeiro.

As autoridades acreditam tratar-se de um caso isolado porque não encontraram relações entre o homem e grupos terroristas.

Na semana passada, as forças de segurança detiveram em Melbourne sete pessoas que planeavam atentados com explosivos durante o natal naquela cidade do sudeste da Austrália.

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.