Detido depois de responder à polícia no Facebook

A polícia, através do Facebook, pediu informações sobre o paradeiro de Leon Smith. O jovem respondeu na rede social, desafiou as autoridades a fazerem o seu trabalho e foi detido nesse dia

A polícia de West Yorkshire, Reino Unido, fez um apelo no Facebook a pedir informações sobre o paradeiro de um jovem. Até aqui tudo normal. O que as autoridades não deviam estar à espera é que fosse o próprio desaparecido a responder ao apelo.

No texto publicado na rede social, a polícia mostrava-se "preocupada com Leon Smith, de 21 anos", que tinha sido dado como desaparecido "na área de Wheatley, em Halifax".

Leon Smith foi descrito como sendo "homem branco, de porte médio, cabelo loiro, visto pela última vez com um casaco preto, t-shirt azul e ténis pretos".

Uma hora depois, o jovem britânico não só respondeu como desafiou as autoridades. "Não estou desaparecido, estou a ser procurado", garantia.

"Dizem que estão preocupados com a minha segurança, mas tudo o que querem é prender-me e atirar-me para a prisão", escreveu Leon Smith no Facebook.

"Venham fazer o vosso trabalho", desafiou.

E foi o que aconteceu. O jovem acabou por ser detido nesse mesmo dia, informaram as autoridades na rede social.

Na nova publicação no Facebook, a polícia revelou que "foram dispendidos muitos recursos" para encontrar Leon Smith e que o jovem suscitava "grandes preocupações" relacionadas com o seu bem estar e segurança.

A polícia de West Yorkshire adiantou ainda que o britânico estava sob custódia devido a uma transgressão, mas sem especificar qual.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG