Descoberta uma nova secção de 20 metros do Muro de Berlim

Grupo de moradores encontrou, por acaso, pedaço do muro que esteve tapado por arbustos. Não pertence ao muro principal mas integrava um segmento adicional de segurança. Fundação do Muro de Berlim confirmou

Foi durante uma caminhada por terrenos de Berlim para verificar o local onde se pretende construir um parque que um grupo de moradores, acompanhados pelo vereador Ephraim Gothe, descobriu uma secção do Muro de Berlim que esteve até agora escondida pela vegetação existente na zona. O pedaço do muro tem cerca de 20 metros e a Fundação do Muro de Berlim já confirmou que integrou mesmo a famosa divisão que separou a Alemanha durante a Guerra Fria. O anúncio coincide com 57º aniversário do Muro de Berlim, que foi assinalado na segunda-feira.

"Fiquei completamente surpreendido com a existência de partes do muro que ainda não tinham sido descobertas", disse Gothe à agência de notícias DPA, acrescentando que a descoberta ocorreu no passado mês de junho.

O segmento em causa fazia parte do perímetro de defesa externo, construído para fornecer segurança adicional ao muro principal. Está construído muito perto da moderna sede da agência federal de inteligência alemã, a BND.

A Fundação do Muro de Berlim confirmou que a estrutura descoberta é autêntica. "Sempre pode haver novas secções menores escondidas em algumas partes da cidade", disse Gesine Beutin, representante da fundação, à Deutsch Welle.

De acordo com esta agência alemã, todos os principais segmentos do muro foram mapeados no início dos anos 2000, mas é possível que algumas partes tenham sido esquecidas, referiu Gesine Beutin. Além disso, o muro de 155 quilómetros que envolveu Berlim incluiu vários tipos de muralhas e não apenas a famosa parede de betão armado, acrescentou.

"No anel exterior, na fronteira com o estado de Brandenburgo, também havia fortificações com cercas e arame farpado, mas nem sempre pareciam como costumamos imaginar", disse Beutin.

O Muro de Berlim foi construído a partir de 13 de agosto de 1961, numa tentativa das autoridades comunistas de impedir que as pessoas fugissem para o Ocidente, embora a justificação oficial fosse que era para proteger da interferência ocidental, quando a Alemanha estava dividida entre a Federal e a Democrática. Mais de 140 pessoas foram mortas ao tentarem atravessar a barreira ao longo dos anos. O muro foi demolido 27 anos depois, em 9 de novembro de 1989. Um ano depois aconteceu a reunificação da Alemanha, 41 anos depois da separação.

Exclusivos