Cuba oferece rum para pagar dívida de 276 milhões à República Checa

Alternativa é pagar em medicamentos. Praga já fez saber que preferia pagamento pelo método tradicional, em dinheiro

A hipótese foi colocada durante conversações recentes e confirmada à BBC por fonte do Ministério das Finanças da República Checa: Cuba quer pagar uma dívida multimilionária, na ordem dos 276 milhões de dólares (cerca de 263 milhões de euros) em rum. Caso as autoridades checas aceitassem a proposta, teriam assegurado fornecimento de rum cubano para mais de um século, mas Praga já admitiu que preferia que pelo menos uma parte da dívida fosse paga em dinheiro.

A dívida de Havana à República Checa remonta ao período da Guerra Fria, quando a então Checoslováquia fazia, tal como Cuba, parte do bloco comunista. Uma vez que Cuba não tem, atualmente, liquidez financeira para resolver o assunto, mas produz rum de sobra, as autoridades levaram a proposta à análise dos checos.

Caso o pagamento da dívida em álcool não seja aceite, os cubanos ofereceram também a hipótese de saldar o montante em medicamentos. E esta alternativa poderá ser considerada mais viável pelos checos, garante o correspondente do canal britânico em Praga, que ainda assim prefeririam o dinheiro vivo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG