Corpo de homem desaparecido desde 2009 encontrado mumificado

Estava sentado junto ao rádio do veleiro com o braço e a cabeça apoiados sobre a secretária.

(Aviso: este texto é acompanhado de uma imagem que pode ser chocante)

Dois pescadores fizeram na quinta-feira uma descoberta macabra: um corpo mumificado no interior de um veleiro no mar das Filipinas. Através da documentação encontrada as autoridades concluíram tratar-se de Manfred Fritz Bajorat, um velejador alemão de 59 anos desaparecido desde 2009.

O corpo estava sentado da cabine de rádio com o braço e a cabeça apoiados sobre a secretária, como se estivesse a dormir.

O subchefe da polícia da cidade de Barabuan, Filipinas, afirmou que as causas da morte de Manfred Fritz Bajorat estão a ser investigadas e que não há indícios de crime. Disse ainda que se desconhece, para já, a data da morte do velejador.

Não foram encontrados vestígios da presença de uma segunda pessoa na embarcação. Mas aos autoridades descobriram fotografias da família, roupas e latas de comida espalhadas pelo chão.

As condições meteorológicas, com ventos secos, temperaturas altas e sal no ar ajudaram ao processo de mumificação.

Bajorat não era visto desde 2009, embora um amigo tenha dito ao alemão Bild que falou com ele há cerca de um ano através do Facebook.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG