Condenado adolescente que esteve por trás de ataques informáticos à Sony e Microsoft

Jovem montou aos 16 anos um negócio internacional de ataques informáticos que gerou mais 1,7 milhões de ataques

Um jovem de 20 anos foi condenado a dois anos de prisão por ter criado e vendido o programa de pirataria informática usado para atacar a Sony, a Microsoft, o Minecraft, a Xbox Live e centenas de outros sites.

Adam Mudd criou o programa Titanium Stresser quando tinha 16 anos e vendeu-o a outros piratas informáticos, acumulando mais de 386 mil libras, cerca de 453 mil euros, em dinheiro e em bitcoins. Estima-se que tenham sido feitos mais de 1,7 milhões de ataques contra sites e plataformas de jogos usando este programa.

O juiz do tribunal britânico disse que Mudd, que se declarou culpado, tinha consciência dos seus atos e provocou o caos "da Gronelândia à Nova Zelândia, da Rússia ao Chile". O juiz diz que Mudd sabia exatamente o que estava a fazer e por isso condenou-o a dois anos numa instituição para jovens.

"Compreendia completamente que isto não era um jogo", disse o juiz a Mudd. "Era um negócio sério e o software fazia exatamente o que foi criado para fazer", continuou, segundo o The Guardian.

Ben Cooper, advogado de defesa de Mudd, revelou que o jovem sofre de Síndrome de Asperger, mas que nunca tinha sido diagnosticado. O maior interesse de Mudd era ter prestígio no mundo online, e não o dinheiro, e este estava "perdido numa realidade alternativa", defendeu Cooper, segundo a AP.

O jovem cometeu 594 ataques de negação de serviço - também conhecidos como DDOS, distributed denial of service -, contra 181 IPs, entre dezembro de 2013 e março de 2015. Mudd admitiu ainda ter lançado um ataque informático contra a faculdade onde estudava ciências da computação que custou à instituição cerca de 2000 libras, cerca de 2350 euros.

Noutro ataque contra a faculdade, em 2014, 70 outras escolas e universidades do país foram afetadas.

Mudd criou o Titanium Stresser em setembro de 2013 e oferecia várias modalidades de pagamento, incluindo descontos para compras em grandes quantidades e descontos caso amigos dos compradores também adquirissem o programa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG