Como uma guerra de tweets impulsionou a corrida aos hambúrgueres de frango nos EUA

Tudo começou com uma pequena alteração no menu de uma cadeia de fast food. Estava aberta a guerra.

Não foi a primeira vez que uma sanduíche de frango frito pisou o solo americano, mas por alguma razão a primeira versão de carne branca inventada pela cadeia norte-americana de fast food Popeyes provocou uma corrida desenfreada a estes (e outros) hambúrgueres. Começou com um tweet, há duas semanas,e terminou numa guerra entre empresas de fast food, de acordo com a CNN.

A 12 de agosto, na conta de Twitter da Popeyes, é anunciada uma versão de própria versão de um hambúrguer de frango frito no menu. E não guardaram o segredo para si: peito de frango crocante, coberto de maionese, picles, servidos no meio de pão brioche, são a receita que gerou multidões à sua porta durante dias.

As filas viravam esquinas e nas redes sociais crescia o número de partilhas de fotografias, vídeos e desabafos de quem tinha cedido à corrida pela nova criação do Popeyes. Mas, dias depois, o pior acontecia para os fãs e curiosos: "sold out". O anúncio foi colado à porta dos restaurantes da cadeia de fast food, que tinha acabado de esgotar todas as sanduíches de frango.

Se provas de que a febre estava instalada faltassem, não tardou até que alguns admiradores resolvessem aproveitar-se da situação para ganhar algum dinheiro. No Twitter, surgiam denúncias sobre pessoas que estariam a vender hambúrgueres a 100 dólares na internet.

Entretanto, o que tinha começado por ser a simples introdução de uma novidade no catálogo de comida, terminou numa guerra de tweets entre várias cadeias de fast food, que reclamavam ter o melhor hambúrguer de frango frito. Ou, pelo menos, o "original", começou por responder a empresa Chick-fill-A. Mas Popeyes não deixou a deixa sem resposta.

Nem a cadeia Wendy's quis ficar atrás. "Estão todos a discutir sobre qual destes idiotas tem a segunda melhor sanduíche de frango". O tom era provocador e, por isso, também mereceu resposta da Popeyes: "Parece que alguém acabou de comer um dos nossos biscoitos. Porque está a parecer-me com sede". Estava oficialmente aberta a guerra, à qual se juntaram várias outras cadeias de fast food.

E já não era só sobre quem tinha o frango frito mais suculento ou crocante. A batalha alargou-se a outras empresas de restauração e até o mac and cheese (prato típico americano) teve a sua espada.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG