China anuncia teste de míssil em mar próximo da península coreana

A ação visou "melhorar as capacidades operacionais das Forças Armadas para responder com eficácia a ameaças à segurança nacional", disse o Ministério da Defesa

A China anunciou esta terça-feira que testou um novo tipo de míssil num mar próximo da península coreana, no dia em que decorreram eleições presidenciais na Coreia do Sul num contexto de tensão regional.

O teste, realizado no Mar de Bohai, visou "melhorar as capacidades operacionais das Forças Armadas para responder com eficácia a ameaças à segurança nacional", anunciou o Ministério da Defesa num comunicado.

O texto não precisa a data do lançamento, indicando apenas que ocorreu "recentemente", e não dá pormenores sobre as características do míssil testado.

A China exigiu na semana passada a paragem de um escudo antimíssil norte-americano na Coreia do Sul, operacional desde o início do mês.

Pequim opôs-se há vários meses à instalação do escudo, designado THAAD ("Terminal High Altitude Area Defense"), anunciada pelos Estados Unidos em resposta ao programa nuclear balístico da Coreia do Norte.

A China assegura que o escudo cobre parte do seu território obstruindo a sua própria força de dissuasão.

Um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Geng Shuang, disse na semana passada que a China tomaria as "medidas necessárias para defender os seus interesses" caso o THAAD se mantenha em operação.

No comunicado hoje divulgado, o Ministério da Defesa chinês afirma que o ensaio foi realizado "em conformidade com o programa anual de treino".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG