Bebé mais pequeno do mundo já teve alta. Nasceu com 258 gramas

Ryusuke Sekino passou os últimos seis meses internado num hospital em Nagano, no Japão.

Nasceu com 258 gramas e 22 centímetros, no dia 1 de outubro, às 24 semanas a 5 dias. Ryusuke Sekino deixou esta sábado o hospital de Nagano, no Japão, com o título do bebé prematuro mais pequeno do mundo a sobreviver.

Segundo o The Guardian , Ryusuke Sekino nasceu dois meses depois do anterior recordista, um bebé que nasceu no Hospital Universitário Keio, em Tóquio, com 268 gramas.

Mas Ryusuke Sekino é o recordista apenas dos rapazes: de acordo com os registos da Universidade de Iowa, o bebé mais pequeno do mundo a sobreviver foi uma menina alemã que pesava 252 gramas quando nasceu, em 2015. Entre os bebés muito pequenos, a taxa de sobrevivência é mais baixa para os rapazes.

Quando Ryusuke nasceu, a mãe tinha medo de tocar-lhe, por considerar que podia ser perigoso para a sua segurança. "Ele era tão pequeno e parecia que se ia partir se eu lhe tocasse. Estava tão preocupada", disse Toshiko, citada pelo jornal britânico.

Seis meses depois de nascer - com o peso de um pacote de manteiga -, Ryusuke Sekino prepara-se para deixar o hospital, já com três quilos. "Agora ele bebe leite. Podemos dar-lhe um banho. Estou tão feliz por poder vê-lo a crescer de dia para dia graças ao cuidado especial que recebeu aqui", contou aos jornalistas na sexta-feira, no hospital.

O bebé nasceu através de uma cesariana de emergência, pois a mãe estava com hipertensão. Nos últimos meses, esteve internado na unidade de cuidados intensivos do departamento de neonatologia do hospital infantil de Nagano, onde foi alimentado por sonda e, ocasionalmente, com gotas de leite da mãe administradas através de um cotonete.

Takehiko Hiroma, médico naquele hospital, contou que houve dificuldades no tratamento, logo após o nascimento, pois os vasos sanguíneos eram muito finos para a administração por via venosa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG