Obama participa em sketch humorístico com comediante cubano

O presidente dos EUA confessou que estava ansioso por chegar a Cuba e assegurou que "o povo norte-americano e o povo cubano são amigos".

O sketch começa quando "Pánfilo", personagem do programa humorístico semanal "Vivir del cuento", pretende descobrir se chove, ou não, durante jogo amigável de basebol entre Cuba e os Tampa Ray Bays, agendado para a próxima terça-feira.

Para tal, decide ligar para a Casa Branca e poucos segundos depois vê a sua chamada ser atendida pelo próprio presidente Barack Obama.

"Mas Obama, o verdadeiro Obama?", pergunta o humorista que se apresenta como "Pánfilo".

O presidente dos EUA assegura que é o próprio e atira:" Como estás amigo?".

Pánfilo faz piadas sobre o aeroporto e os carros cubanos e dá mostras da "hospitalidade cubana" ao convidar o presidente e a primeira-dama para ficarem em sua casa "caso tenha problemas com a hospedagem".

"Vai gostar de estar em Cuba. Podemos jogar dominó e beber cerveja", sugere.

"Pánfilo", interpretado pelo ator Luis Silva, representa um típico reformado cubano decidido a resolver os problemas do seu dia-a-dia com várias peripécias pelo meio.

"Vivir del cuento" é um dos programas mais populares de Cuba pela crónica humorística sobre a realidade do país.

"Vemo-nos em Havana", conclui Obama.

O presidente chega este domingo a Cuba para uma visita histórica, a primeira em 88 anos, que serve de impulso para a campanha de normalização das relações diplomáticas entre os dois países.

Ainda esta semana o presidente norte-americano respondeu por carta a um convite de uma velhota de 76 anos para ir beber café a sua casa.

Exclusivos