"Eu vi a morte, gente pegando fogo". Queda de avioneta em São Paulo faz dois mortos

Aparelho de pequeno porte despenhou-se. O fogo alastrou-se pela estrada, e a nuvem de fumo era visível a quilómetros

Um avião de pequeno porte caiu esta sexta-feira à tarde, na zona norte de São Paulo, perto do aeroporto Campo de Marte, no Brasil. Há pelo menos dois mortos - os pilotos da avioneta - e 12 feridos.

Segundo o portal de notícias G1, a aeronave despenhou-se na Avenida Santos Dumont, perto do número 100, atingindo pelo menos três residências e várias viaturas. Na sequência da queda, houve um incêndio, que entretanto já foi controlado.

De acordo com a Folha de São Paulo, as duas vítimas mortais são os pilotos do avião. As restantes vítimas - moradores e transeuntes - estão a ser socorridas no local, algumas das quais com queimaduras de primeiro e segundo grau.

Segundo a informação divulgada pelo corpo de bombeiros, acorreram ao local 10 viaturas, que dominaram as chamas em pouco mais de 20 minutos.

Ainda não são conhecidas mais informações sobre os tripulantes da aeronave, um Cessna 210, que tinha acabado de sair do aeroporto quando se despenhou.

Em declarações à Folha, uma mulher que trabalha perto do local do acidente contou que, quando a avioneta caiu, ouviu um estrondo, o edifício tremeu e as luzes apagaram-se. Na rua, as pessoas corriam com medo de uma explosão. "Quando a gente saiu na porta, o fogo já estava vindo. Chegou ao hall de entrada. Larguei celular, bolsa, chave".

Os vídeos publicados nas redes sociais mostram as chamas a alastrarem-se ao longo da estrada. Um dos carros atingidos foi o de Selmo da Silva, motorista da Uber, de 44 anos: "Eu vi a morte, gente pegando fogo. Sorte que consegui tirar o cinto. Estou vivo e ainda não acredito no que aconteceu". Já o passageiro da viatura, "queimou as costas, o corpo todo".

Quando falou com o jornal brasileiro, o homem ainda se encontrava em choque. "Nunca pensei que fosse ver gente pegando fogo e se queimando bem na minha frente", contou.

Várias testemunhas contam ter ouvido o barulho da avioneta a cair e a explosão. A mãe de um dos pilotos, que se deslocou para o local assim que soube da notícia, sentiu-se mal, desmaiou e teve de receber assistência médica.

(Notícia em atualização)

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG