Presidente declarado vencedor no Zimbabwe. Oposição não reconhece resultado

Emmerson Mnangagwa, antigo braço direito de Robert Mugabe, ganhou com 50,8%, frente aos 44,3% do seu principal adversário, Nelson Chamisa.

O atual presidente do Zimbabwe, Emmerson Mnangagwa, de 75 anos, foi declarado o vencedor das eleições com 50,8% dos votos, segundo os dados da comissão eleitoral, relativos ao total das 10 províncias do país. Ao ter mais de 50% dos votos, o presidente evita uma segunda volta.

Emmerson Mnangagwa, antigo braço direito de Robert Mugabe (derrubado em novembro), conquistou 2,46 milhões de votos, contra 2,15 milhões do seu principal adversário e líder da oposição, Nelson Chamisa, de 40 anos.

Chamisa insiste que ganhou as eleições, dizendo aos jornalistas antes de serem conhecidos os resultados que o partido no poder, o Zanu-PF, estava a tentar manipular o resultado e que não ia aceitar isso.

Um porta-voz de Chamisa, Morgen Kamichi, citado pela AFP, rejeitou os resultados quando ainda eram parciais. "Não foram verificados por nós, por isso são falsos", afirmou, quando ainda faltava conhecer os dados de uma última província, Mashonaland West. Foi escoltado pela polícia para fora da sala onde foi feito o anúncio do vencedor.

A Comissão Eleitoral disse que não houve "absolutamente nenhum truque", segundo a BBC.

Mnangagwa já agradeceu aos eleitores a vitória no Twitter: "Obrigado Zimbabwe. Sinto-me honrado por ter sido eleito presidente da Segunda República do Zimbabwe. Embora tenhamos estado divididos nas urnas, estamos unidos nos nossos sonhos. Este é um novo começo. Vamos juntar as mãos em paz, unidade e amor, e junto vamos construir um novo Zimbabwe para todos."

Os eleitores do Zimbabwe foram chamados às urnas na segunda-feira, pela primeira vez desde a queda de Mugabe, obrigado a demitir-se sob pressão dos militares, ao fim de 37 anos do poder.

Na quarta-feira, o exército reprimiu manifestações da oposição, em Harare, que denunciava fraudes. Seis pessoas foram mortas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG