Atriz proibida de trabalhar durante um ano por usar roupa sexy

Jovem de 24 anos foi castigada por vestir-se de um modo que vai contra a cultura do país

Uma atriz cambojana foi proibida de participar em qualquer filme, videoclip ou programa de televisão no Camboja, durante um ano - as autoridades consideram que Denny Kwan se veste de forma demasiado sexy. A jovem de 24 anos foi repreendida esta terça-feira pelo ministério da Cultura e das Belas-Artes do país asiático, por violação dos códigos de conduta.

Em causa estão as fotografias publicadas na página de Facebook da atriz, que as autoridades consideram demasiado reveladoras. "No Camboja há muitas artistas sexys. Algumas são ainda mais do que eu durante as filmagens" e fazem cenas eróticas, disse Kwan, em sua defesa, citada pelo Daily Mail.

A atriz não se mostrou preocupada com o castigo e disse que vai conseguir sobreviver durante os próximos meses pois tem o seu próprio negócio. "Eu sei que tenho o direito [de vestir-me como quero], mas a nossa cultura, o povo cambojano, não consegue aceitar isso", disse Denny Kwan. "Vou tentar não ser tão sexy, como normalmente sou, quando publicar no Facebook", continuou.

Vou tentar não ser tão sexy, como normalmente sou

Esta opinião não é partilhada por todos. O porta-voz do ministério das Mulheres disse que a atriz não tem o direito de vestir o que quer porque é uma figura pública. "Ela tem de ter atenção à nossa cultura", explicou Pon Putborei, em declarações ao jornal local Phnom Penh Post.

Kwan já tinha sido avisada. Em maio do ano passado foi convocada para uma reunião no ministério da Cultura. Nessa altura, segundo o mesmo jornal, a atriz foi "reeducada", ou seja, recebeu lições sobre como vestir-se de modo apropriado e prometeu, por escrito, usar um guarda-roupa mais discreto e modesto. Kwan contou que quando foi chamada ao ministério da Cultura, no ano passado, foi "educada como uma filha".

As autoridades dizem agora que Kwan desrespeitou o seu compromisso e o código ético de conduta para artistas do país. Segundo estas normas, artistas devem vestir-se de modo digno e que represente a identidade nacional e cultural do Camboja.

"Os membros do conselho decidiram punir Denny Kwan proibindo que ela participe em qualquer atividade da indústria do entretenimento durante um ano", afirmou Chamroeun Vantha, conselheira do ministério da Cultura. A atriz foi proibida de participar em "filmagens, karaokes" e de cantar em programas de televisão.

"Pedimos a associações de artistas, [estações de] televisão e produtores de entretenimento que cooperem com a punição do ministério não lhe dando nenhum trabalho em campanhas publicitárias e filmes", continuou Vantha, citada pelo Phnom Penh Post.

Defensores da igualdade do género e das mulheres falam de um caso de discriminação. "Esta situação apenas acontece às mulheres e é discriminação de género", disse Thida Khus, a diretora do grupo pela defesa dos direitos da mulher Silaka.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG