Ator da série Empire suspeito de ter pago a dois homens para o assaltarem

O ator que faz de Jamal Lyon, e que se assumiu como gay, em 2015 apresentou queixa depois de ter sido assaltado por dois homens, que terão também gritado contra insultos raciais e homofóbicos. Polícia continua a investigar mas, segundo a CNN, tem outra visão do caso.

Jussie Smollett, o ator que protagoniza a personagem de Jamal Lyon na série da Fox, Empire, apresentou queixa à polícia de Chicago por ter sido assaltado no final de janeiro, por dois homens nigerianos, que lhe dirigiram ainda insultos raciais e homofóbicos. Jussie contou à polícia que um dos assaltantes lhe colocou uma corda ao pescoço e que lhe atirou uma substância química no corpo.

Mas, segundo a CNN, fontes policiais ligadas à investigação deste assalto, acreditam que o próprio ator terá pago aos dois homens para realizarem o assalto contra ele. Jussie Smollett já veio negar ter tido qualquer papel no ataque contra si. Em comunicado, os seus advogados, Todd S. Pugh e Victor P. Henderson, referem mesmo que Smollett está irritado com os últimos acontecimentos.

"Como vítima de um crime de ódio que cooperou com a investigação policial, Jussie Smollett está furioso e arrasado comos recentes relatos de que os assaltantes são pessoas com quem ele está familiarizado", lê-se no comunicado. Jussie sente-se agora ainda mais vítima pelas alegações de que lhe são atribuídas. "Nada está mais longe da verdade e qualquer um que alegue o contrário está a mentir", sublinham.

Os homens nigerianos, que são irmãos, foram presos na quarta-feira, mas libertados na sexta-feira sem acusação. Depois desta situação, a polícia de Chicago veio dizer ter descoberto "novas evidências". À CNN, as mesma fontes policiais garantiram que os dois homens estão agora cooperar com as autoridades.

De acordo com o porta-voz da Polícia de Chicago, Anthony Guglielmi, o ator disse aos detetives que foi atacado por dois homens perto da entrada inferior do Hotel Loews, em Chicago. A polícia foi informada de que os dois homens gritaram "Empire" e "Empire" enquanto batiam nele.

A polícia confirmou ainda de que há registo de imagens que mostram que os dois irmãos compraram a corda encontrada ao redor do pescoço de Jussie Smollett numa loja de ferragens em Chicago.

Smollett que se assumiu como gay em 2015 interpreta também o papel de uma personagem gay na série Empire, da Fox. Os seus advogados dizem que vão continuar a cooperar com as autoridades e que esperam alguma atualização sobre a investigação.

Exclusivos