Ataque a requerente de asilo terá envolvido 20 pessoas

Um grupo de jovens abordou o adolescente curdo-iraniano, de 17 anos, numa paragem de autocarro, e agrediu-o

A polícia britânica informou hoje que cerca de 20 pessoas poderão ter estado envolvidas no ataque a um requerente de asilo adolescente, na sexta-feira, no sul de Londres, que está a ser investigado como crime de ódio.

A Polícia Metropolitana de Londres divulgou hoje três imagens de pessoas que quer interrogar no âmbito da investigação ao ataque, oito das quais já estão detidas por suspeita de tentativa de homicídio.

A polícia contou que, na sexta-feira, um grupo de jovens abordou o adolescente curdo-iraniano, de 17 anos, numa paragem de autocarro.

Ao perceber que se tratava de um requerente de asilo, os jovens, na casa dos 20 anos, perseguiram-no e bateram-lhe.

As agressões só pararam com a intervenção de transeuntes e a chegada das autoridades.

O ataque já foi condenado por líderes políticos, como o deputado conservador Gavin Barwell, que descreveu os atacantes como "ralé".

O Reino Unido tem registado um aumento da xenofobia, expressa em ameaças, insultos e agressões, desde que o país decidiu, num referendo em junho, abandonar a União Europeia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG