As torres gémeas mais altas do mundo vão "nascer" em Phnom Penh

Os edifícios vão ter 560 metros de altura, mais 108 do que as Torres Petronas

Duas empresas chinesas assinaram o contrato para construir na capital do Camboja, Phnom Penh, duas torres gémeas que vão passar a ser as mais altas do mundo, superando a altura das Petronas, em Kuala Lumpur, informou a imprensa chinesa.

A Sino Great Wall International e o Wuchang Shipbuilding Industry Group vão construir as torres, que ficarão situadas nas margens do rio Mekong, no prazo de cinco anos.

Os edifícios vão ter 560 metros de altura (mais 108 do que as Torres Petronas) e serão também o quinto e sexto edifícios mais altos do planeta, escreveu hoje o jornal China Daily.

O projeto, com um orçamento de 2.700 milhões de dólares e assinado a 31 de dezembro, é financiado pelo Thai Boon Roong Group, do Camboja, o qual vai dar o nome aos arranha-céus, e também conta com o apoio da empresa de Macau Sun Kian Ip Group.

As duas torres e os edifícios próximos integram um projeto que inclui escritórios, apartamentos, hotéis e espaços comerciais e de entretenimento, segundo a imprensa do Camboja.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG