Apreendidas no México 22 toneladas de químico para produção de drogas sintéticas

Produto foi encontrado num contentor proveniente da China

A Procuradoria-Geral da República (PGR) do México revelou hoje que foram apreendidas mais de 22 toneladas de monoetilamina, composto químico usado no fabrico de drogas sintéticas, num contentor proveniente da China.

A substância foi colocada à disposição do Ministério Público pelo pessoal da Alfândega do Porto de Lazaro Cardenas, no estado de Michoacán, no sudoeste, informou a PGR, que decidiu abrir uma investigação por crimes contra a saúde.

A maior quantidade de substâncias químicas apreendida no México até agora foram 200 toneladas, no âmbito de uma operação em agosto de 2010 no porto de Manzanillo, sendo os produtos originários da China e da Coreia do Sul.

Exclusivos