Apple pede desculpa por tornar os iPhones mais lentos

Empresa está sob uma chuva de críticas após se ter sabido que torna propositadamente mais vagarosos os aparelhos antigos

Era algo que os clientes já suspeitavam há muito e agora confirmou-se: a Apple faz com que os iPhones fiquem mais lentos com o passar do tempo. Agora, veio publicamente pedir desculpa pelo facto.

A empresa de Cupertino justifica o abrandamento de performance como forma de "prolongar a vida" da bateria. Mas até ter surgido, no início do mês, um estudo independente dando conta dessa mudança de comportamento a Apple nunca o tinha assumido.

Num comunicado publicado na sua página nos EUA, a Apple vem primeiro pedir a compreensão dos clientes: "Sabemos que alguns de vós sentem-se desiludidos. Pedimos desculpas".

Depois, anuncia uma redução no preço da substituição da bateria nos aparelhos, dos atuais 79 dólares (66 euros) para 29 (24 euros) -- isto para os modelos iPhone 6 e seguintes (os outros estão fora de suporte o que, de acordo com a política da empresa, é como se simplesmente não existissem).

É ainda prometida uma alteração no software dos aparelhos, a ser lançada no início do próximo ano, de forma a que o sistema informe quando a bateria já não tem capacidade para fazer com que os telefones funcionem a 100%.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG