Angela Merkel não vê "nenhuma maneira de reverter" saída do Reino Unido

A chanceler alemã declarou que é tempo de enfrentar a realidade e que já não acha possível a hipótese do Reino Unido não sair da UE

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou esta terça-feira que não vê "nenhuma maneira de reverter" a saída do Reino Unido da União Europeia e salientou que este é o momento de assumir a realidade.

"Não vejo nenhuma maneira de reverter isto. O mundo já está a encarar as futuras relações (com o Reino Unido), faríamos bem em ter em conta a realidade. Este não é um tempo para ilusões, mas para contemplar a realidade", afirmou Angela Merkel, em conferência de imprensa, após a cimeira europeia para discutir o Brexit.

Este não é um tempo para ilusões, mas para contemplar a realidade

A líder do Governo alemão declarou que durante a cimeira, em que o primeiro-ministro britânico, David Cameron, explicou sobre o referendo, não se abordou a possibilidade de Londres não ativar o artigo 50 do Tratado de Lisboa para iniciar o processo de separação da União Europeia.

"Nem o considero possível. O referendo está aqui como uma realidade. Parto do princípio de que se vai ativar o processo, mas depois de ter passado algum tempo para que os peticionários decidam que relação querem" manter no futuro com a União Europeia, acrescentou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG