ANC dividido sobre o afastamento do presidente Jacob Zuma

O presidente pode ser afastado do Congresso Nacional Africano devido aos casos de corrupção em que está envolvido.

O Congresso Nacional Africano, no poder na África do Sul, está dividido sobre o eventual afastamento antecipado do presidente Jacob Zuma, reconheceu hoje a secretária-geral do partido, Jessie Duarte.

Numa conferência de imprensa realizada hoje, Jessie Duarte disse que o comité de trabalho do Congresso Nacional Africano (ANC) reuniu-se de urgência na segunda-feira para discutir o futuro do presidente Jacob Zuma mas que "há posições divergentes".

O segundo mandato presidencial de Zuma termina em 2019 mas, nesta altura, aumenta a pressão para que o chefe de Estado seja afastado do cargo devido aos casos de corrupção em que se encontra envolvido.

Exclusivos