Ameaça de massacre fecha universidade

A Universidade de Örebro, no centro da Suécia, anunciou domingo que estará encerrada hoje devido a uma ameaça anónima que levou ao receio de que estava em curso a preparação de um massacre.

"Uma ameaça dirigida contra a Universidade de Örebro foi feita através da aplicação Jodel. (...) Decidimos, após consultar a polícia, encerrar a universidade na segunda-feira", indicou o estabelecimento no seu site da internet.

Jodel é uma aplicação para telefones portáteis que permitem o diálogo de forma anónima com estudantes de uma mesma universidade. Concebida na Alemanha, é muito popular nos campos suecos.

Nós não podemos comprometer a segurança dos estudantes, do nosso pessoal e dos visitantes

Segundo a agência de notícias TT, a mensagem publicada sábado na aplicação aconselha os estudantes a não ficarem em curso hoje, se querem sobreviver.

Foi apresentada uma queixa à polícia que anunciou o aumento da presença de agentes na universidade, segundo a TT.

A Universidade de Örebro tem 17 mil estudantes e 1.200 funcionários.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG