Alemanha prepara-se para entrar no combate contra o Estado Islâmico

O governo alemão vai apoiar a coligação internacional que pretende derrotar o grupo terrorista na Síria

O Conselho de Ministros da Alemanha aprovou esta terça-feira a intervenção das suas forças armadas na luta contra o grupo extremista Estado Islâmico na Síria, numa missão que poderá mobilizar até 1200 militares, disse fonte governamental.

Segundo a agência francesa AFP, Berlim tinha anunciado, na sequência dos atentados terroristas de Paris do passado dia 13 de novembro, que faria deslocar uma fragata e aviões de reconhecimento e de reabastecimento para apoiar as forças da coligação internacional que estão a bombardear alvos dos 'jihadistas' na Síria.

Este mandato cobre todo o ano de 2016 e terá ainda de ser aprovado pelo parlamento alemão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG