Aeroporto de Gatwick encerrado após avistamento de drones. Voos cancelados, desviados e passageiros horas dentro de aviões

O aeroporto de Gatwick, na periferia de Londres, mantém a suspensão de voos após o encerramento da pista na noite de quarta-feira, na sequência do avistamento de dois drones nas proximidades do terminal aéreo.

De acordo com o aeroporto, as aterragens e descolagens foram suspensas às 21:00 de quarta-feira, depois de dois drones terem sido avistados perto da pista, embora esta tenha sido reaberta por cerca de 45 minutos na madrugada de hoje.

Muitas aeronaves foram desviadas para outros aeroportos, incluindo Paris e Amesterdão, enquanto as autoridades aeroportuárias pediram aos passageiros que contactassem as suas companhias aéreas para se informarem sobre a situação dos voos.

"Após informações sobre a presença de dois drones sobrevoando a pista do aeroporto de Gatwick por volta das 21:00, a pista foi encerrada das 21:03 de quarta-feira às 03h01 de quinta-feira", lê-se num comunicado divulgado pelo aeroporto. "Infelizmente, outra observação de drones nas proximidades do aeroporto forçou o encerramento da pista, novamente, por volta das 03:45", acrescentou a nota.

Os voos foram desviados para outros aeroportos, incluindo Luton, Heathrow, Stansted e Manchester. Houve também aviões enviados para Amesterdão e Paris.

Chris Woodroofe, diretor de operações do aeroporto, pediu desculpas aos passageiros e disse que os drones não podem ser abatidos por causa do risco de danos com munições perdidas. "Ontem à noite, houve 10.000 pessoas afetadas. Havia 6.000 pessoas voando de todo o mundo para Gatwick que foram desviadas para aeroportos alternativos", disse.

A situação está a gerar o caos com milhares de pessoas afetadas. Nas redes sociais, passageiros vão dando conta do impasse desde os que estão fechados num avião à espera que o aeroporto reabra até os que ficaram em terra, sem saberem quando poderão efetuar a ligação.

Em Portugal houve já quatro voos com destino a Gatwick que foram cancelados ou atrasados. Do aeroporto de Lisboa não se realizou um voo da TAP previsto para as 07.20, de acordo com a página na internet da ANA. Do Porto não se concretizou a chegada de um voo da easyjet, prevista para as 12.05 e que já está dado como cancelado enquanto a partida de um voo da TAP, previsto para as 11.30 ainda não surgia como cancelado. Do aeroporto de Faro, segundo a ANA, não se realiza o voo da easyjet previsto para as 09.50 e duas chegadas (easyjet e British Airways) foram canceladas

O aeroporto de Gatwick já garantiu estar a trabalhar com as companhias aéreas para "oferecer aos passageiros estadia em hotéis" ou alternativas de viagem.

Estima-se que 2,9 milhões de pessoas passem por este aeroporto durante a atual temporada de férias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG